Rui Ruivo

Rui Ruivo envolveu-se indiretamente no grupo de teatro amador na Aldeia da Rebolaria, onde nasceu, e foi aí que foi o ponto de partida para o seu percurso cultural. Escrever letras para as suas canções, era a sua paixão, logo aos dezoito anos. É atualmente um dos elementos de dois grupos de música tradicional da Vila da Batalha, há mais de 25 anos. Membro da Sociedade Portuguesa de Autores, desde 1991. Membro da Direção de Santa Casa da Misericórdia da Batalha A escrita romantizada aparece anos mais tarde, como uma necessidade de libertar ideias formatizadas, equiparando-as quer à realidade atual, quer à realidade memoriada. Mais do que um contador de histórias, o Autor procura através delas, introduzir as suas opiniões. Este romance deixa uma porta aberta para uma continuidade...

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.