Francisco Gomes Lopes

Morador na freguesia de Santo Estevão há quatro décadas, Francisco Gomes Lopes nasceu nem Arcos / Tabuaço/ Beira Alta, vive há quarenta anos na Rua da Regueira e faz parte do grupo de voluntários do Plano de Emergência Local da freguesia.É um homem de paixões:Bricolage: gosta de criar altares. E artigos feitos com fósforos. Música: ouvir ou tocar. Leitura: adora autores portugueses. Pintura: pintou mais de cinquenta quadros a óleo, vendeu alguns, poucos, e fez exposições. Motocross: faz passeios pelos terrenos de Sobral de Monte Agraço com o filho, piloto da especialidade. E escrita: em novo escreveu uma autobiografia, pequena, dos tempos dos namoricos. Foi o começo.Frequentou o  antigo curso liceal nocturno dos liceus no externato Bonfim e no liceu Gil Vicente. Sempre teve gosto pelas letras. Enquanto elemento de um grupo de música popular escreveu e musicou várias canções. Há dois anos, quando acabou o 12.º ano, no âmbito das «Novas Oportunidades», instaram-no a escrever um livro. Nas suas próprias palavras, tal coisa que nunca lhe passara pela cabeça, mas o convite chegou em boa hora e Francisco, em dois anos, em vez de um livro, escreveu seis. Um deles já está editado “Amor: Maldição ou Perdição”.É uma pessoa amiga do seu amigo e por nada falta a um compromisso assumidoA simplicidade é uma das suas principais características, sem nunca deixar de lutar pelo que julga ser seu direito.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.