Francisco Cação

FRANCISCO ALBERTO RIBEIRO CAÇÃO nasci em Luanda/Angola em 1945. Sou filho de pais Portugueses. Desde tenra idade tive uma grande atração pela história universal e em particular saber qual foi a origem do povo Português e Angolano. Sempre gostei de música, pintura e teatro. Aprendi a tocar guitarra, pintei quadros a lápis de cor e a óleo, fiz parte como ator do Teatro Experimental de Luanda. Estudei sempre em Luanda até ser chamado pelo exército para ir tirar o curso na Escola de Aplicação Militar em Nova Lisboa. Fui militar desde o início  de 1966 até finais de Novembro de 1968. Servi sempre em zonas operacionais perigosas na fronteira do norte de Angola, Pangala/São Salvador do Congo e Marimba/Malange.
Casei em Luanda/Angola. A minha vida profissional em Luanda/Angola foi sempre de bancário, desde 12/1968 até 07/10/1975, as minhas funções foram sempre desempenhadas no quadro superior do BPSM. Com o 25 de Abril de 1974, fui obrigado a sair de Angola e ir para o Brasília/Brasil, tendo ingressado nos quadros do 2º maior banco desse País, aí fazendo carreira até ao mais elevado nível.
Foi em Brasília que me licenciei em Administração de Empresas na "UDF".
Por convite, vim para Lisboa em 1985, onde assumi a Direção de várias empresas até me reformar.
Tenho um filho que nasceu em Luanda e uma filha que nasceu em Brasília. Depois de reformado, passei para a  escrita um antigo sonho. Nestes dois últimos anos, resolvi relatar a minha forte vivência em Angola, fiz imensas pesquisas, várias viagens, li inúmeros livros de história, visitei monumentos milenares. Com todos esses dados recolhidos, resolvi passar para o papel muito resumidamente a minha versão de qual foi a nossa origem, o que fizemos ao longo dos milénios, o que fomos como homens desbravadores. Tudo isso está escrito no meu livro intitulado "AIUÉ ANGOLA". 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.