Francisco Almeida

Francisco Almeida

Nasceu em Lisboa a 6 de Dezembro de 1933. Frequentou o 11.º ano do Liceu assim como o 1.º ano do Instituto Industrial de Lisboa. Fala Português, Castelhano, Francês, Inglês e Alemão. Escreveu sete livros. “O Alquimista de Florença”, “Os Pré-históricos Caminhos de Santiago”, “Conspiração Colombo”, “A Alquimia” e “Os Oito Imortais que atravessaram o mar a pé”, estes ainda por editar, tendo já editado na Editora Chiado “As Lágrimas da Lua da China” e o romance “Duas Túlipas Brancas” (*) que está presentemente a ser apresentado ao público. Trabalhou na fábrica da AEG em Estugarda e na deMülheim (Ruhr), onde frequentou um curso de quatro anos de Engenharia Fabril. Ao fim de dois anos, com diplomas atestando resultados positivos e com vista ao seu futuro emprego em Portugal, trocou este curso por uma especialização em porcelana na fábrica Edelstein Porzellan Fabrik, em Küps, perto da fronteira com a antiga Checoslováquia. Posteriormente foi convidado para trabalhar na Fábrica de Produtos Cerâmicos da Abrigada, L.da no Concelho de Alenquer, onde permaneceu durante cinco anos. Em 1962 comprou a Fábrica de Cerâmica Constância, L.da na Rua de São Domingos à Lapa, em Lisboa, à data e pelo público conhecida como Faiança Battistini de Maria de Portugal onde permaneceu como sócio-gerente até esta fechar em 2001, tendo-se posteriormente dedicado a escrever livros.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.