Alves Rosa

 Tradutor por profissão, mochileiro, com coração de poeta e alma lusitana.O gosto pela poesia aflorou na adolescência após a leitura de grandes nomes como Álvares de Azevedo, Florbela Espanca, Fernando Pessoa entre outros.Durante a faculdade, sua veia poética se tornou ainda mais evidente, o que motivou a continuar escrevendo e até participar de um concurso, no qual conseguiu o segundo lugar com a poesia Dom Quixote.Alguns anos após a faculdade, fez o primeiro mochilão para a Europa. Momento crucial em sua vida, quando, de maneira ines- perada, encontrou seu lugar de alma em Lisboa.Após anos de poesia despreten- siosa, decidiu juntar alguns de seus versos e transformá-los em livro, dando origem assim ao Pseudopoesia.

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.