Allon Clamp

Da rebeldia punk dos anos noventa, fez-se músico registrado na OMB-RJ; compositor, vocalista e guitarrista da Anarchy Solid Sound, referenciada e citada, em pelo menos três livros, como uma das mais importantes banda independente daquela época; apresentando-se em grandes festivais; com material gravado, vídeos, entrevistas e participações em revistas, jornais, programas de rádio e de televisão.

            Da voracidade acadêmica inconclusiva, cursou economia, matemática, comércio exterior, administração, tecnologia da informação e biblioteconomia.

            Da vida quase nômade de financista certificado pela ANBIMA, experienciou a capital paulista, o sul de Minas e o pantanal matogrossense, atuando em corretoras de valores e no segmento bancário.

            Da produção literária, possui arquivado na Biblioteca Nacional, músicas, poemas, romances e peças teatrais.

            Da recente investida como ator registrado pela SATED-RJ, atuou em vários espetáculos teatrais, um média-metragem e um curta-metragem.

            Atualmente, aos quarenta e cinco anos de idade, mantém-se na cena artística carioca. Acostumado com a própria independência na arte, entre um elenco e outro; escreve, atua, produz e dirige seus próprios espetáculos. Produzir, não é exato, mas é preciso!

            A Maldição de Naim levou pouco mais de um ano para ser escrita; é um romance, amparado em fatos e mitos, que envolvem a história mundial. Dualizado por temas, como: religião e fé; crença e cultura; moral e costumes; dogmas e doutrinas; história e fantasia; amor e paixão; descarta o ceticismo, mas propõe uma intrigante questão sobre as consequências de um milagre.

 

Obrigado pela sua visita

Antes de nos deixar, subscreva a nossa newsletter e fique sempre informado sobre os nossos livros.